Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sofia Margarida

Vem descobrir. Vem partilhar. Vem conhecer um mundo que é só meu...

Não sei ...

se me preocupo, se experimento, se ignoro...

 

Está uma pessoa sentada na esplanada, a aproveitar uma noite fresca de verão, quando é contemplada com um ruído de fundo...

 

- Olha lá, a que horas é que combinaste com a "Maria" ir apanhar Pokemóns??

 

 

 A sério???  Agora não se sai à noite... Vai-se apanhar Pokemóns é isso?  Começo a olhar para o lado e vejo imensas pessoas a andar de telemóvel na mão... Ou é coincidência ou anda tudo à caça...

 

 

Mas ainda há piores ( se é que é possível), contou-me um amigo que trabalha num café que um grupo de miúdos durante esta semana saiu a correr para a rua, deixando tudo na mesa,  porque ao que parece: 

 

- " Apareceu a 50m um Pokemón super raro e tivemos de correr todos para o apanhar"

 

Não compreendo, juro que tento mas não compreendo...

 

Tal mãe , tal filha...

Eu e a minha mãe temos peças de roupa iguais, não muitas mas temos. Como não vivemos juntas, não trabalhamos juntas, não tinha qualquer problema. Até que ontem, combinamos encontrar-nos ao final da tarde e ...

 

Mal nos vimos começamos as duas a rir , as duas vestidas de igual! Com tanta roupa para vestir, conseguimos escolher as duas a mesma ... Foi tão engraçado andarmos as duas de iguais! Acho que ficou tudo a olhar para nós, a achar-nos demasiado velhas para ainda andarmos vestidas de igual, mas eu gostei... 

 

Ainda sou menina da mamã !

 

Cor-de-rosa...

Era mundo cor-de-rosa. Um mundo que era só meu. Aquele que eu imaginei. Vivi. Nem quando cresci deixei de o ver cor-de-rosa, um mundo meu.  Mas, houve quem ousou em tingir o meu mundo de cores escuras. Destruir aquele manto rosa....

3b43f42fedf3f9e1c0f04a763243da49.jpg

Quando chega a altura de sairmos de casa, há um pouco de nós, da nossa infância que por lá fica. Quando por pequenos instante se volta, é como entrar num castelo encantado onde outrora fui princesa. Hoje, ao regressar, o meu castelo está diferente, frio, sombrio... e eu, sem vontade de lá voltar. Um castelo cheio de confusão, tristeza , ... 

 

E pronto, hoje precisava desabafar.... divagar!

 

 

Era uma vez um cão...

cãozinho.jpg

 "Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles."

 

Há coisas que não entendo, nem compreendo... Porque não tem tanto valor esta vida (de um animal) como a nossa!? Continuamos a ser um ser ditador, sem limites e sem conhecimento da liberdade.

 

"A nossa liberdade termina onde começa a dos outros"!

Continuamos a achar que somos a espécie superior... 

Eu sei...

 

Por mais longe que o nosso objectivo esteja é sempre possível chegar lá.

Por mais difícil que seja o caminho, vai ser sempre possível chegar à meta.

Se eu cair, sei que terei uma mão para me segurar.

Quando eu chegar à meta sei que vai haver alguém para festejar comigo.

 

Porque eu sei que a minha vida vai melhor…  

 

 

(imagem retirada do pinterest) 

 

 

 

Some blog design Written by Joana