Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sofia Margarida

Vem descobrir. Vem partilhar. Vem conhecer um mundo que é só meu...

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #13

E para o dia de hoje. A minha tradição de Natal preferida :Os madeiros, lenhos, cepos , galheiros, fogueiras do natal ou fogueiras do Galo, são grandes fogueiras que se acendem no centro da aldeia, na praça principal ou no adro da igreja na véspera de Natal. Na minha cidade, fazem-se várias em frente aos adros das igrejas. A tradição começa com a recolha dos madeiros , que é feita pelos rapazes da terra, durante a noite em alguma regiões. Na noite de Natal depois da missa as pessoas da aldeia reúnem-se à volta da fogueira para dançar e cantar. Em muitas aldeias, estas fogueiras eram mantidas acesas ininterruptamente até ao Dia de Reis. A tradição do madeiro tem origem nos cultos pagãos, na celebração do solstício de Inverno, em que se acendiam enormes fogueiras ao ar livre.72ad6311a1d2f15733d5a9eda3292b03.jpg

Aproveito para vos desejar um Santo e Feliz Natal!

 

 

 

 

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #12

Como não sou apreciadora de bacalhau, todos os anos me interrogo porque é que comemos bacalhau no natal ? (Apesar de que eu, como não apreciadora de bacalhau, como polvo)

 

Os grandes pioneiros no consumo do bacalhau são os Vikings que, ao descobrirem o peixe, passaram a secá-lo ao ar livre (na época o sal não existia) até endurecer para que depois o pudessem consumir aos pedaços durante as longas viagens marítimas.

Antes da industrialização do bacalhau, os bascos – cujo território actualmente está espalhado em províncias da Espanha e da França – já comercializavam o bacalhau. Como já conheciam o sal, eles começaram a salgá-lo para aumentar sua durabilidade. O bacalhau passou a ser comercializado curado e salgado por volta do ano 1000. A expansão do mercado do bacalhau fez-se rápidamente, tornado-o um negócio internacional porque o sal não deixava que o peixe estragasse com facilidade. Quanto mais durável o produto, mais fácil era sua comercialização. Como o frigorífico só foi inventada no século XX, os alimentos que se estragavam rapidamente tinham comércio limitado.

Na idade medieval o bacalhau ganhou o título de alimento durável e com sabor mais agradável que o dos outros pescados salgados. Para a população pobre que raramente podia comprar peixe fresco, o bacalhau era um prato “cheio” porque era barato e tinha alto valor nutritivo. A soberania da Igreja Católica foi outro facilitador para seu comércio: o catolicismo impunha dias de jejum – que compreendiam as sextas-feiras, os quarenta dias da quaresma e muitos outros dias do calendário cristão – nos quais se proibia a ingestão de comidas “quentes” como as carnes; somente as comidas “frias”, como os peixes, eram permitidas. Assim, a carne passou a ser proibida em quase metade dos dias do ano, e os dias de jejum acabaram se tornando dias de bacalhau salgado. Por isso, nas festividades como o Natal a tradição passou a ser comer bacalhau, por ser o peixe mais acessível à maioria do povo.

IMG_1432.JPG

 Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana,Bomboca de Morango, Nia. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #11

Joaninha é o nome popular dos insetos coleópteros da família Coccinellidae. Os cocinelídeos possuem corpo semiesférico, cabeça pequena, 6 patas muito curtas e asas membranosas muito desenvolvidas, protegidas por uma carapaça quitinosa que geralmente apresenta cores vistosas. Possuem duas antenas que servem para sentir o cheiro e o gosto.

Podem medir de 1 até 10 milímetros, vivendo até 180 dias.  Há cerca de 4500 espécies na família, distribuídas por 350 géneros, distinguíveis pelos padrões de cores e pintas da carapaça.

As joaninhas são predadores no mundo dos insetos e alimentam-se de afídeos, moscas da fruta, pulgões, piolhos da folha e outros tipos de insetos, a maioria deles nocivos para as plantas. Uma vez que a maioria das suas presas causa estragos às colheitas e plantações, as joaninhas são consideradas benéficas pelos agricultores. Apesar da grande utilidade, estes insetos sofrem ameaça dos agrotóxicos utilizados pelos agricultores nas plantações, embora a maioria das espécies não seja considerada como ameaçada.

 

O símbolo da joaninha significa boa sorte, a vinda do amor, a proteção, entre muitos outros. Dessa forma, acredita-se que o número de manchas nas costas da joaninha é o número de meses que passarão antes que o amor da sua vida apareça. Também se diz que sempre que uma joaninha pousa em um pessoa, ela terá muita sorte. Por esse motivo, matar uma joaninha pode trazer azar e tristeza.

IMG_1432.JPG

 Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana,Bomboca de Morango, Nia. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

 

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #10

Quando começa uma nova etapa, os nervos, a ansiedade, e um sem fim de outros sentimentos menos positivos podem entrar no nosso corpo e atrapalhar o nosso dia-a-dia, o nosso sono. Por isso venho falar-vos de uma planta que ajuda a melhorar o sono, é relaxante e ajuda na digestão. O meu auxiliar nos momentos mais complicados.

Esta planta é originária da Amércia do Sul mas é uma das plantas mais conhecidas da naturopatia portuguesa - consumida através de chá.


Lúcia-Lima / aloysia triphylla denominada de bela-luísa ou doce-lima devido ao seu odor a limão.


Um estudo realizado em março de 2011 na Universidade de Medicina de Madrid concluiu que o efeito antioxidante da lúcia-lima é equivalente ao do chá verde. O efeito anti-inflamatório e antiespasmódico nas dismenorreias da lúcia-lima é equivalente a fármacos como a indometacina. A lúcia-lima protege contra os efeitos adversos da quimioterapia (cisplatina) na medula óssea, exercendo uma ação antigenotóxica devido ao seu efeito antioxidante. Com base num estudo publicado na Toxicology Letters, em 2004, esta deve ser aconselhada a pacientes oncológicos que estejam a fazer este tratamento.

 

Princípios ativos

Óleos essenciais, com ação espasmolítica (reduz os espasmos musculares na vesícula, intestino e útero), colagoga (estimula a produção de bílis) e anti-inflamatória. Destaque para o citral com ação antibiótica contra bactérias como a E. coli e antifúngica contra a Candida Albicans. Contém ainda flavonoides e ácidos fenólicos com ação antioxidante e efeitos quimiopreventivos contra alterações genéticas induzidas por toxinas.

Principais propriedades


É benéfica para o sistema digestivo, pode ser utilizada antes das refeições, para abrir o apetite, ou durante as mesmas, para ajudar à digestão, evitando gases e cólicas intestinais. Ao nível do aparelho genital, regula as dismenorreias (menstruações dolorosas) e trata infeções urinárias.
Relaxa o sistema nervoso, melhora o sono e reduz as enxaquecas. Também reduz a pressão arterial. O seu óleo essencial pode ser utilizado para fazer perfumes e repelente de insetos.

 

Por isso, caros leitores vamos lá beber um cházinho que ainda por cima tem um sabor tão agradável!

 

Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana,Bomboca de Morango, Nia. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

 

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #9

Hoje decidi juntar algumas dicas que encontrei (algumas ainda não experimentei, mas hei-de experimentar) para facilitar a vida de todos nós.

 

O Peixe está mesmo fresco?

O peixe fresco apresenta as guelras vermelhas, a carne rija e os olhos brilhantes.

Como conservar o pão:

Compre pão que esteja bem cozido e guarde-o num local seco dentro de um saco de tecido leve e arejado. 

Quando o forno está quente demais

Ponha uma caçarola com água fria dentro do forno.

Retirar fragmentos de gema, que caíram acidentalmente nas claras

Para retirar fragmentos de gema que acidentalmente caíram na clara, use a própria casca do ovo, aproximando-a dos fragmentos. Os mesmos serão atraídos para dentro dela, deixando assim as claras limpas.

Separar facilmente a clara da gema

Para separar a gema do ovo sem rebentar, quebre a casca e deposite o conteúdo sobre os dedos entreabertos da sua mão – a gema fica e a clara cai.

Ovos estragados ou não?

Para saber se um ovo está ou não estragado coloque-o num copo com água e sal, se boiar deite-o fora porque está estragado, e se permanecer no fundo está bom para consumo.

Tire os ovos de frigorífico um bocadinho antes de os utilizar

Quando utilizar ovos nas suas receitas tire-os do frigorífico um bocadinho antes. Se fizer, por exemplo, claras em castelo com o ovo gelado verá que não ficarão tão firmes.

Como evitar que os espetos das espetadas se queimem

Para que os espetos de madeira/bambu não se queimem ao preparar o grelhado, deixe-os de molho em água até que fiquem bem húmidos.

Como saber se o abacaxi está maduro

Para saber se o abacaxi está maduro basta tirar uma das “pétalas” bem do centro de sua coroa. Se sair com facilidade, está no ponto para descascar e saborear!

Tornar os legumes cozidos mais verdes

Para tornar mais verdes alguns legumes, junte uma colher de chá de açúcar à água do cozimento. Faz o mesmo efeito que bicarbonato de sódio e não altera a qualidade dos alimentos.

Manter o verde natural do espinafre

Para preservar o verde natural do espinafre, logo após o cozimento, mergulhe-o em água fria. Isso o deixará bem verdinho!

Cozinhar em banho-maria e economizar energia

Quando está a cozinhar em banho-maria, aproveite a água que está a ferver para cozer legumes.

Conservar alface I

Para conservar a alface bem fresquinha, guarde-a no frigorífico dentro de um saco plástico bem fechado. Assim ela dura até 5 dias.

Conservar alface II

Lave a alface apenas quando a for preparar, e guarde-a no frigorífico SEM a lavar. Senão ela estraga-se.

Alface

As folhas de alface quando cortadas com faca perdem muito de seu já pobre valor nutritivo. Deixe as folhas inteiras ou rasgue-as com as mãos.

Conservação da alface ou salsa no frigorífico

Enrole a verdura (não lavada) em papel de rolo ou um pano e coloque-o num saco plástico fechado. Dura mais de uma semana.

Salsa fresca todo o ano

Corte muito finamente a salsa e meta-a numa taça de plástico no congelador. Verá que tem salsa durante o ano todo, sem melar.

Salsa fresca durante 2 a 3 semanas

Lave a salsa muito bem, escorra-a e coloque-a no frigorífico dentro de um frasco de vidro com tampa. Poderá conserva-la fresca durante 2 a 3 semanas.

Congelar bacalhau

O bacalhau não deve ser congelado, a não ser depois de dessalgado.

Para congelar, enxugue o bacalhau num pano limpo, apertando-o levemente para secar um pouco. Pode pincelar com um bom azeite toda a superfície, para impedir o ressecamento provocado pelo gelo. Guarde no congelador num vasilhame a vácuo ou bem fechado. Descongele normalmente.

Desenformar pudins

Passe a forma por água fria antes de lhe juntar o preparado. Quando for desenformar, faça-o quando o pudim já estiver totalmente frio (deixe a base um pouco de molho em água quente – nunca mais que 1 minuto).

Bolo Cozido

Para verificar se um bolo está cozido, espete um palito no bolo. Se não vier massa agarrada é porque já está cozido.

( eu costumo usar um esparguete )

 

Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana,Bomboca de Morango, Nia. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

Some blog design Written by Joana

Em destaque no SAPO Blogs
pub