Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sofia Margarida

Vem descobrir. Vem partilhar. Vem conhecer um mundo que é só meu...

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #8

pequeno-gato-de-material-gato-imagem_38-4248.jpg

 

Quem nunca ouviu a expressão " Um gato tem sete vidas"? Pois, todos ou quase todos já ouvimos ou utilizámos esta expressão. Mas será mesmo verdade? Não, não é!

 

Não passa de uma lenda. Surgiu na Idade Média, onde as bruxas, magos e também os gatos eram vítimas da Inquisição. Contudo, mesmo com os inumeros esforços para acabar com os gatos o número deles dificilmente baixaria.Estes reproduziam-se muito rápidamente e, felizmente, haviam vários defensores destes animais que os escondiam nas suas casas e os criavam secretamente.

 

Foi assim que os inquisitores, ao verificarem que mesmo caçando tantos gatos eles continuavam a aparecer, acharam que tal fenómeno era proveniente de algo misterioso, mágico. E com essa dúvida surgiu a expressão que, era a única forma de justificarem o facto de eles continuarem a aparecer, os gatos têm sete vidas.

 

Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana,Bomboca de Morango, Nia. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #7

Já devem ter reparado que eu faço trabalhos em feltro, não? Pois, é verdade.

il_430xN.59058476.jpgE o que é o feltro? O feltro é um papel feito de lã ou pêlos de animais (Pronto, a partir de agora acabam-se as encomendas) -  as fibras são agregadas umas às outras através de uma técnica chamada calandragem. Uma vez que essa técnica não tece as fibras, apenas as compacta, o feltro é chamado de Tecido não Tecido. 

 

O feltro é usado, para além de trabalhos artesanais,  em chapéus, casacos, revestimentos de equipamentos industriais, entre outros. É comum também aparecer na industria de tapetes, que já remonta o periodo do Antigo Egito, onde essa técnica era muito usada. 

 

Há muitas lendas à volta da origem do feltro. Diz-se, por exemplo, que na Arca de Noé havia ovelhas, e outros animais, num espaço muito pequeno e que devido ao calor extremo os animais perdiam muito pelo. Esse pelo acumulava-se no chão e era continuamente pisado pelos animais e encharcados de urina dos mesmos. Essa acção toda fez com que, assim que desembarcaram, estava formado no chão da arca um grande tapete de feltro (O feltro de hoje não é feito dessa maneira atenção!) . Desde ai, que os mais antigos usavam os pelos dos animais para criar tapetes e isoladores. 

 

Esta rubrica não está restringida a mim, à Magda , Ana e Bomboca de Morango. Todos podem participar. Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

 

 

 

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #6

gotinhas.jpg

 

O tempo não é muito para pesquisar um te mais a fundo para partilhar com vocês! Ainda ando em mudanças e não dá para parar - o tempo não está a ajudar e a casa ainda não esta "habitável"! Então decidi partilhar um curiosidade que aprendi ontem com o meu pai durante as mudanças. Já alguém reparou que na parte interior do frigorífico escorrem gotas de água? E o que acontece á água que sai por ali? Cai no chão? Fica em algum lado que depois seja preciso despejar? Sou uma curiosa e já me tinha perguntado a mim mesma o que iria acontecer a tanta água. Possívelmente muitos de vocês conhecem, mas algumas pessoas - como eu - desconhecem! Existe um orifício no fundo da parte interior do frigorífico por onde vai escorrer a água que cai da parede do frigorífico. E para onde vai ? Através de um tubo ela vai parar a um recipiente mesmo em cima do motor. E para quê? O motor do frigorífico liberta muito calor que vai fazer com que a água evapore.

 

Hoje foi apenas uma curiosidade!

 

Quem quiser participar nesta rúbrica sinta-se à vontade, ela não é só minha e da Magda, é de todos!Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados. 

Novas parceiras da rubrica - Ana e Bomboca de Morango

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #5

E hoje voltamos a algo que eu adoro, Chás! Desta vez, falo de uma planta que tanto uso como chá como na cozinha. (Curiosidade: Costumo usar o chá de funcho para misturar com o de malvas, para atenuar o sabor menos agradável das malvas)

 

Então e quem conhece o funcho?

Fotolia_27181396_XS.jpg

Utilização:

O Funcho ajuda no tratamento de cólicas, anorexia, bronquite, vômitos, nódulos no fígado ou baço, dores nos olhos, problemas urinários, diarreia e vermes intestinais. Tem uma ação anti-inflamatória, estimulante, antiespasmódica, vermífuga, digestiva, diurética e expectorante. A sua raiz é normalmente utilizada pelas suas propriedades diuréticas, que pode ser encontrada em algumas ervanárias. 

sementes-de-funcho.jpg

 

A erva-doce (anis ou semente do funcho)  serve para tratar dor de barriga, indigestão, inchaço, acidez estomacal, asma, bronquite, espasmos, cólicas, dor de barriga, dor de cabeça, inflamações, tosse, gases, má digestão, palpitações, inchaço, gripe, resfriado e catarro.

 

O funcho ou semente é utilizado frequentemente na cozinha mediterrânica como planta aromatizante utilizada em sopas, molhos, saladas, entre outros.  Aqui costuma ser utilizado na confecção do bolo finto/festa, nas filhoses (apesar de ainda só ter visto as da minha avó com funcho) e numa sobremesa - a Tigelada.

O seu sabor é semelhante a algo mentolado, mas suave e doce (pessoalmente, considero bastante doce e muito agradável)

 

 Actualização: A menina do Blog o que se ama contou-me que na zona de Trás-os-montes o funcho ou erva doce tem ainda outro nome - Fiolho! 

P.s.: Não é necessário estar doente ou ter algum problema para consumir chá. Como é costume dizer-se "mais vale prevenir que remediar" 

 

Quem quiser participar nesta rúbrica sinta-se à vontade, ela não é só minha e da Magda, é de todos!Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados. 

Nova parceira da rubrica - Ana

 

 

Aprender uma coisa nova por dia, nem sabe o bem que lhe fazia! #4

 

bbd74b79401a0bd63f3414f20395dd87.jpg

 

Os esquilos.

Além de serem um animal super engraçado encontrei uma curiosidade que achei bastante interessante. 

Os esquilos alimentam-se de sementes, mas também consomem insectos e fruta.  Têm por hábito de juntar comida, guardando-a nos seus abrigos das àrvores ou em buracos que criam no solo, para que na época onde o alimento é mais raro tenham comida. 

Esta atitude de esconder as sementes no solo contribuí para que milhões de árvores sejam plantadas "acidentalmente" por esquilos, uma vez que muitas das sementes acabam por germinar.

 

Podemos agradecer a estes simpáticos animais pelo seu contributo para o aparecimento de imensas árvores no nosso planeta!

 

 

 

Quem quiser participar nesta rúbrica sinta-se à vontade, ela não é só minha e da Magda, é de todos! Só vos pedimos que nos dêem conta, de alguma forma, do post onde o fizeram para que possamos acrescentar na lista dos tópicos publicados.

 

 

Some blog design Written by Joana

Em destaque no SAPO Blogs
pub